Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

This is me

pela simplicidade do que me move

This is me

pela simplicidade do que me move

O meu primeiro cruzeiro

5D60CA16-EC27-48FD-9646-5F90CB65A3D9.jpeg

Achei que estava na altura de ter umas férias, uma coisa assim para o relaxado e tudo incluído. Juntando isto a uma experiência nova decidi fazer um cruzeiro.

O início da nossa aventura deu-se em Las Palmas, claro que aproveitamos para ir um dia mais cedo e conhecer a ilha. Ora chegando a nossa hora de fazer o check in para o cruzeiro lá fomos nós, tudo muito bem organizado, foi só deixar as malas identificadas, pegar logo ali ainda em terra num copo e seguir para bingo!

Assim que me vi dentro daquele barco enorme, a bater um sol de início de tarde e uma piscina pronta para me receber claro que me agarrei a uma caipirinha e desfrutei de uns bons raios de sol. No decorrer da tarde seguiram-se mais umas caipirinhas e então que chega a hora do navio iniciar a sua viagem.

É aqui que a reviravolta acontece, aquilo abana. Não, a sério, abana mesmo.

Portanto a primeira noite foi horrível, eu estava super tranquila já a imaginar uma noite longa pelos imensos bares e concertos que estavam programados e acabei mesmo por passar a noite na cama a tentar acalmar aquela vontade toda de vomitar.

Tirando este à parte péssimo, pequeno pormenor de uma viagem de 7 dias num navio, tudo ótimo!

O cruzeiro em si é uma experiência incrível, há atividades a toda a hora e em locais diferentes do navio para os mais diversos gostos e feitios, os espetáculos são super interessantes, os concertos também sempre cheios de energia e a organização de todos os eventos e excursões estão impecáveis.

Para quem pretende uma viagem para conhecer bem um local isto não é uma boa opção, o tempo em terra em cada cidade não é muito extenso, portanto um cruzeiro é muito numa ótica de conhecer um pouco várias cidades e desfrutar do tempo de navegação com todas as vantagens que é estarem num navio com imensas pessoas cheias de boas energias.

Para quem enjoa, tipo em viagens de carro, epah pensem duas vezes! Eu não tinha pensado bem no assunto e realmente não desfrutei do cruzeiro da mesma maneira.

Claro que a minha experiência foi muito animada porque escolhi um cruzeiro que é mesmo para malta nova, se querem coisas pomposas tipo Titanic esqueçam, isso é mais o estilo de cruzeiros com o Queen Mary. Caso queiram uma coisa mais relaxada e animada recomendo-vos a Pullmantor, todo o staff é impecável e de certeza que as vossas expectativas vão ser correspondidas!

O país do coração

 

EB271ED3-7273-43D0-B56E-40296CD21A42.jpeg

Este texto vem com uma pequena lágrima no canto do olho.

A Holanda foi uma grande surpresa para mim, fiquei super apaixonada por aquele país.

Confesso que fui com alguma expectativa, o Miguel já me tinha falado muito bem da Holanda e claro que acabei por ir criando uma imagem do que ia encontrar, principalmente sobre Roterdão porque era a cidade que ele mais me falava.

A primeira cidade que visitámos foi Eindhoven, uma cidade muito tecnológica e foi logo ali amor à primeira vista.

Claro que ficámos no hotel mais enigmático da cidade, o Blue Collar Hotel. É localizado na antiga fábrica da Philips, a que foi a primeira de todas as fábricas no mundo, e apesar de ser um hotel a base da fábrica está toda lá, podemos ver até nos quartos a essência do que foi aquele sítio no início da história de uma empresa de sucesso como a Philips.

Para além da história fantástica deste local, há também a vantagem de ser central e de ter uma sala de concertos, para além do convívio que acontece todas as noites no bar do hotel. Várias pessoas, mesmo não estando hospedadas no hotel, acabam por lá ir comer as suas refeições e ficam para uns copos, já que na rua torna-se difícil aguentar o frio pela noite fora.

Esta cidade deixou-me um sentimento de calma, leveza, simpatia e uma paz de espirito que nunca tinha sentido numa cidade europeia.

O dia seguinte foi para acordar com as galinhas, andámos 2km logo pela manhã, a ver o sol nascer e o gelo ainda bastante consistente em cima dos carros e à beira dos passeios. Já se viam algumas casas com as luzes acesas, algumas famílias à mesa a ler o jornal e a tomarem o pequeno-almoço.

Fomos até Roterdão e assim que chegámos bebemos um chocolate quente para aquecer a alma, e os deditos das mãos. Que cidade do caraças!

Imaginem-se a andar pela feira do relógio em Lisboa, estão a imaginar? Aquela quantidade de pessoas aos empurrões e aquelas vozes que entram nos ouvidos com alguma dor de tantos gritos pela esquerda e pela direita dos comerciantes. Assim que chegámos à praça junto ao Market Hall havia uma feira enorme, mas não se ouvia ninguém, as pessoas andavam com calma, viam as bancas e os comerciantes esperavam pela pergunta e não entravam logo a matar a gritar o preço e o desconto que podiam fazer e o quanto as pessoas precisavam mesmo mesmo de comprar aquele produto.

Passámos o dia a andar pela cidade, a conhecer alguns recantos e a seguir alguns dos hábitos deles, como beber um chá quente e comer uma tarte num café acolhedor com as mesas lotadas mas um barulho sussurrante.

No final do dia já não era preciso GPS, já conhecíamos o essencial para andarmos sem um guia, porque nos sentíamos tão em casa que bastava seguir o instinto e estávamos no sítio certo.

Nunca quis ir viver para fora, gosto muito de Portugal e é aqui que me sinto bem, por norma ao fim de 3 ou 4 dias noutro país já só penso em voltar para casa e deitar-me na minha cama. Depois desta viagem a minha mentalidade mudou, hoje se houvesse a oportunidade de ir viver para a Holanda não havia grandes dúvidas, não havia muito para pensar antes de aceitar o desafio.

A semana passada dei por mim a perguntar ao Miguel o que achava de comprar uma casa na Holanda, nunca tinha feito esta pergunta, e soou-me tão bem.

Mesmo que acabe por não me mudar para lá, pelo menos vou garantir que é um país a revisitar, muitas vezes.

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Calendário

Julho 2019

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031

Links

  •  
  • Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D